Posted by: Marcela Bonazzi | September 14, 2008

Quatro anos e meio depois…

 

 

Já tentei começar esse post um monte de vezes, mas nunca ficava completamente satisfeita com o que escrevia. Isso por que escrever sobre alguém tão querido é extremamente complicado… Mas decidi que sentaria e postaria o que escrevesse, independente de como ficasse. E vamos lá!

 

Bom, há quatro anos e meio atrás eu era uma menina de 15 anos com poucas ambições e uma rotina bem normal. Ia pro colégio, almoçava na minha avó, às vezes passava a tarde dormindo, mexia no computador, ia dormir. No outro dia, a mesma coisa. Nos finais de semana eu ia pra casa da minha avó, ou saía com meus pais, nada de extraordinário.

 

Até que, no dia três de dezembro, minha vida mudou para sempre, e eu nem sabia. Era para ser um cinema, e só isso. Obviamente eu tinha altas expectativas, já estávamos nos paquerando há algum tempo, mas nunca esperava que realmente fosse acontecer algo. Bom, aconteceu. Ele me beijou, e foi mágico, esplêndido, e eu nunca mais vou esquecer.

 

Ficamos juntos por uma semana, e terminamos. Fiquei mal, triste, é claro, mas tive que superar. Ou pelo menos me enganar que tinha superado. A volta as aulas foi boa, e ruim ao mesmo tempo, pois continuávamos a se ver constantemente, o que eu até gostava, mas queria algo mais. Pelo visto ele também, porque acabamos voltando, no dia 20 de fevereiro de 2004, nosso aniversário de namoro.

 

A partir daquele dia, eu mudei. Nos víamos todos os dias. Ele me buscava na escola, ou ia me ver no fim da tarde. Era mágico, e eu amava. Ele me pediu em namoro quando fizemos um mês juntos, e me deu uma aliança de compromisso quando fizemos dois meses.

 

O tempo foi passando, comemoramos seis meses, um ano, dois anos, três anos, quatro anos… Passamos por várias situações, desde boas até ruins. Brigamos raras vezes, nunca fomos dormir bravos um com o outro, rimos mais do que tudo, trocamos carinhos, confissões. Ele era mais que meu namorado, era meu melhor amigo.

 

Muita gente me pergunta se eu não estou cansada, se já enjoei. Não, não enjoei nem um pouco. Eu amo namorar, ainda mais com o Luiz, que torna tudo mais fácil. Agora, para nós, já é natural pensar como um casal, não como uma unidade. Claro, eu tenho a minha vida separada do meu relacionamento (tenho um post sobre isso, esperando ser terminado). Tenho meus amigos, minha faculdade, meu trabalho. Tudo isso é coisa minha.

 

Mas é inevitável não colocar o Luiz nessas atividades, e não me importo nem um pouco, podemos compartilhar das nossas coisas pessoas sem perder a individualidade. Posso ser amiga dos amigos dele, assim como ele também pode ser dos meus. Posso dar conselhos sobre a faculdade dele, sobre estudos e carreira, assim como ele também pode.

 

O que realmente me importa é que não me perca no meio desse namoro, e o tempo me ensinou isso. É a lição mais importante que aprendi, não deixe de ser você mesmo, nunca.

 

Agora, muita gente me pergunta quando vai ser o casório afinal, depois de tanto tempo namorando… Pode ser que meu namoro termine amanhã, pode ser que fique velhinha com o Luiz, só o tempo vai dizer. Mas, se tudo der certo eu vou sim noivar e casar com ele. Vamos ser marido e mulher, vamos ter um lar e uma família, quem sabe até um cachorro. Vamos ter jantares românticos e almoços de domingo na casa das avós.

 

Se tudo der certo, dia 20 de setembro de 2014 estarei andando pelo altar, vestida em um belo vestido branco e chorando, é claro. Essa é a data que eu escolhi para responder quando me perguntam quando vou me casar. Começou como uma brincadeira, mas quem sabe isso não acaba dando certo…

 

Por enquanto, deixo aqui um recado para um dos homens mais importantes da minha vida:

 

Lu, você é uma das pessoas mais importantes para mim, meu melhor amigo, meu namorado, meu amante. Te amo muito. Espero que possamos conquistar tudo aquilo que sonhamos juntos, lado a lado, como companheiros. Foram quatro anos maravilhosos, e o quinto promete mais ainda!

 

Te amo com todo meu coração.


Responses

  1. ahhhhhhh q lindo mah!!!!!!!!
    como vc mesmo diria que neném,
    e eu estarei lá em 20 de setembro de 2014 pode ter certeza….
    Amo amo!

  2. dá licença que agora é hora da madrinha falar??? ahuhauhauhuah brincadeirinha sis, mas vc sabe que eu não poderia ficar mais feliz por vcs dois! acho que se tem uma prova que o amor de verdade existe nesse mundo ele está concentrado em vcs dois! casal mais neném viu! e eu tenho certeza que vai durar pra sempre, pq vcs foram feitos um para o outro ^^

    amo amo sis

  3. Mah, comoé difícil explicar o que sinti quando li esse post. Sim, as palavras não brotam facilmente quando queremos explicar algo tão diferente e que para muitos nos dias de hoje, abstrato.

    O que sentimos um pelo outro sem sombra de dúvidas é algo que não se explica simplesmente, mas com atos.

    Esse foi com certeza um dos mais belos que você já fez.

    Nós dois crescemos praticamente juntos, não como crianças, mas como pessoas, nos conhecemos em uma época que para muitos é a mais crítica de todas, a adolecência.

    Eu iniciando a faculdade e você terminando o colegial. Passei de “menino” a homem ao seu lado, amadureci ao seu lado, aprendi lições que serão a base para mim e meus descendentes ao seu lado.

    Como você mesmo disse hoje é inevitável que um não fassa parte do mundo do outro, mas cada um com sua individualidade, devido a horários e compatibilidade de compromissos, mas somos um único ser quanto a algo que diz sobre os dois.

    Estou amando cada um desses dias de todos esses quatro anos e meio e caminhando para o quinto ano juntos.

    Planos como me ensinaram, foram feitos para dar errado, caso o contrário não seria necessário planejar, mas os nossos, até agora estão dando certo, então que venha a nossa data marcada a anos, 20/09/2014, não só isso, mas poder planejar a nossa vida a dois, como família, filhos e até mesmo o cachorro. (Labrador de preferência).

    Mah, eu te amo com todas as forças da minha alma, obrigado por existir e por ser além de minha namorada e futura mulher, minha melhor amiga, confidente, amante, conselheira e muito mais do que isso, minha companheira para tudo.

    Beijos e que venham mais cinco, dez, quinze e muitos mais anos em nossas vidas.

    Te amo minha linda.

  4. só uma palavra ou duas sobre o post:
    é muito bonito hoje em dia (com todo esse culto à pegaçao e tal) ver duas pessoas com um relacionamento serio com o de voces, cheio de amor, carinho e respeito mutuo etc. uma vez eu li um texto falando como é dificil arranjar namorado, um namorado como deve ser (te mando uma hora dessas, se quiser) e fico muito feliz em ver que voce conseguiu!
    ah, e faço questão de estar na igreja em 20 de setembro de 2014 pra celebrar esse amor! 🙂
    beijao, querida.

  5. NUH!
    Quase chorei. E que a felicidade pra vocês dois sempre esteja perto. vocês merecem.

  6. Parabéns, ô no mesmo barco que você!! comecei a namorar com 14 anos… estou com 18.. logo comemoro 4 anos de namoro, mas axu q me caso antes de vc… aredito que seja 13 de dezembro de 2013 … cai numa sexta feira, mas eh a data que iremos comemorar 9 anos de namoro… essa é a parte chata de começar a namorar nova, tem que namorar muitoooo tempo pra casar, masss a gente supera! hasuashasuhas
    ps: nem te conheço, mas li e me vi na mesma situação…

    sorte para vcs.. e pra mim e pro meu bebê tbm ..

    bjuss


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: