Posted by: Marcela Bonazzi | April 18, 2012

Eu sou mulher

Eu sou mulher. Mas daquelas bem mulher mesmo. Não estou falando de vestidos, maquiagem e salto alto, mas de mente, coração e biologia. E nisso eu sou a mais mulher de todas.

As pessoas dizem que mulheres são temperamentais, agem de acordo com nível hormonal, são frias e calculistas quando precisam e sabem dar amor como ninguém. Opa essa aí sou eu! Presente!

Não é estranho você me encontrar e eu estar super triste, mas sem motivo algum. Assim como é fácil eu estar quicando de alegria só porque acordei querendo mais é ser feliz. Sim, esses extremos geralmente existem na TPM, mas fora dela também, tá?

Tem dias que eu não vou estar de TPM, só vou estar triste. Ou brava. Ou feliz. Ou querendo bater no primeiro ser humano que me dirigir a palavra e eu não aprovar seu tom. Tem dias que eu acordo mais mulher do que o normal, com os nervos todos à flor da pele. Fazer o quê, né?

Mas os anos passaram e depois de deixar a adolescência pra trás eu entendi que temos que controlar tudo isso. Depois de uma certa idade não é mais bonitinho você se irritar facilmente ou querer se isolar de todos de vez em quando. É aí que você vira mulher, e não mais menina.

Tudo ainda é muito complexo. Eu ainda quero bater naquele ser humano que usou o tom torto comigo. Ou chorar quando preciso de carinho e ninguém parece perceber. Mas engulo tudo. Rezo pra passar. Porque sei que tudo passa.

Mas de vez em quando me pego pensando que ser mulher não é nada fácil não…


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: