Posted by: Marcela Bonazzi | August 12, 2012

#TheGleeProject

Eu não costumo fazer isso, mas Glee Project me deu muitos sentimentos conflitantes, então decidi escrever sobre isso pra colocar ordem na cabeça. E é um bom treino, não é?

Para começar: quando eu vejo Glee Project eu espero sempre o inesperado. A pessoa que foi a mais elogiada e ganhou a tarefa da semana pode fácil ser eliminada só porque Ryan Murphy não sentiu que bateu uma inspiração de escrever para esse determinado participante naquela hora. É sempre uma caixinha de supresas. Mas essa semana eles pisaram no meu coração sem dó nem piedade e me vi boquiaberta do começo ao fim.

A tarefa da semana combinou com o tema, que era atuação, e acho que os participantes mandaram bem, levando em conta o susto e a inexperiência de muitos. E uma coisa que provavelmente só eu notei foi o quanto Michael mostrou ser dedicado e nerd: ele foi a única pessoa que vi na história do realityque levou um bloquinho para anotar as dicas do mentor convidado.  Achei fofo!

Aí veio a missão de montar um trailer de filme e vi uma das preferidas da competição sumir. Lily desapareceu com o tanto que Blake, Michael e Aylin brilharam (por ordem de intensidade, Blake me convenceu como o cara mau e Michael resolveu começar a competir. Shoking). E Ali, quem é Ali? O que ela fez de bom essa semana? Nada. Se Shanna teve um desempenho estrelar a temporada toda e foi mandada embora por uma semana ruim, já estava dando tchau pra Ali e a voz que tanto me irrita.

Aí chegou a hora do bottom three e, ao invés de presentear os melhores da semana *aham Blake e Michael aham* com uma mais do que merecida vaga na final os mentores e a produção decidem que todos vão cantar não só para Ryan, mas para todos do time de escritores. Nessa hora eu dei tchau para Michael, porque não tinha chance alguma de ele encantar qualquer pessoa. Ele merecia estar na final, mas se ganhasse e entrasse para Glee ia ser uma segunda edição de Damian. Merecia a final porque foi quem mais foi esnobado pelos mentores, mas mesmo assim cresceu como mais ninguém.

“Ah, mas ele iria para a final não merecendo ganhar e tirando o lugar de quem merece?”

Absolutamente não. No que dependesse de mim a final seria entre Aylin e Blake, os dois únicos que tem uma chance real de crescerem em Glee e virarem alguma coisa. Ir para a final seria um prêmio pelo esforço do Michael e só. Ninguém mais merece aquele lugar na final na minha opinião Lily para mim é uma repetição da Mercedes e ela me cansou MUITO com todo o mimimi dela e Ali é teatrical demais para a televisão. Já me incomoda no reality, não quero nem pensar como seria no seriado.

Então fecharam a final com Blake, Aylin e Ali. Existe 33,3% de chances de eu arremessar o computador longe terça que vem se Ali ganhar só porque Ryan quer uma nova vilãzinha má. Quem mais merece esse prêmio é Aylin, não só por ser uma personagem completamente nova e interessantíssima, mas também por ter um talento inegável para cantar, dançar e atuar – tudo aquilo que Glee preza e precisa. Se Blake levar não vou chorar, desde que pelo amor dos santos protetores dos roteiristas não façam dele um novo Finn. Se quiser repeteco vejo o meu DVD da primeira temporada. Quer um vilão? Usem o Blake, ele é uma verdadeira estrela.

Agora oremos por terça-feira para que eu não grite em plena madrugada acordando meus vizinhos.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: